Ir para conteúdo

[V.L]Christopher_

Membros
  • Total de itens

    85
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias vencidos

    1

[V.L]Christopher_ Última, ganhou o dia em Janeiro 15

[V.L]Christopher_ Tinha o conteúdo mais gostado!

Reputação

162 Bom

Sobre [V.L]Christopher_

Informações Jogador

  • Servidor
    Servidor 4 (3.6.x)
  • Nick
    SnowBall_
  • Level
    0
  • Dinheiro
    0
  • Sexo
    Masculino
  • Casa ID
    0
  • Empresa ID
    0
  • Base ID
    0

Últimos Visitantes

1.434 visualizações
  1. Sinceramente, eu sinto pena dos que começaram a jogar recentemente e não puderam pegar a " época de ouro " do servidor. Haverá um tempo em que só restarão aqueles que ficam upando suas contas com o jogo minimizado. É triste, porém é a direção em que o destino está posicionado a se atirar. Sua última print com tesão de jogar de máfia e também meu último dia a jogar com um sorriso no rosto.
  2. Levante-se e lute. Custe o que custar. EXTRA! EXTRA! Joaquim, um dos maiores traficantes de San Andreas acaba de ser baleado enquanto trocava tiros com a polícia em frente ao Ten Green Bottles na periferia de Ganton. Joaquim encontra-se no Hospital e Maternidade Jefferson em estado grave . Moradores da periferia de Ganton disseram que o traficante numa tentativa de salvar seus companheiros, lutou com seus capangas contra vários policiais com o objetivo de ganhar tempo para seus companheiros fugirem. Para a felicidade de alguns e tristeza de outros, Joaquim conseguiu cumprir sua missão e salvou seus companheiros de gangue das garras da prisão. O DP-LS está procurando o lendário Impala 67 apelidado de Ivan para investigação, mas até agora não encontraram nada. Em tempos de guerra, nunca pare de lutar!
  3. “Bandidos não jogam pelas regras, isso é o que faz serem maus, talvez isso os faça vencer”. ATENÇÃO: As imagens a seguir podem apresentar difícil visualização das mesmas pois foram registradas muitos anos atrás. " É uma das únicas coisas que eu me orgulho de ter feito nesta vida, ele é meu companheiro, meu amigo, meu carro, meu... Filho. " - Joaquim A HISTÓRIA DE IVAN Tudo começou no ano de 1960, época em que o movimento hippie estava em seu auge. Jovens de cabelos longos tocando violão e fumando maconha nas esquinas era considerado uma coisa comum, e Joaquim era um desses jovens. Para ele não havia nada melhor que ficar ali naquela praça conversando com seus companheiros enquanto fumava seu cachimbo da paz. Dentro do grupo de hippies, Kim tinha a função de transportar a maconha, algo que a polícia nunca legalizou e por isso frequentemente ocorriam conflitos dos hippies contra a força policial local. Mesmo com os oficiais montando blitz's, revistas e o preconceito com os hippies, Kim nunca foi pego, era esperto e não dava nenhuma chance para os oficiais. Transportava a maconha por meio de uma trilha que ele mesmo montou numa mata bem fechada. No começo, Joaquim levava a maconha até os pontos de tráfico numa Veraneio 1963 que pegava emprestado de um primo seu, mas com o tempo Joaquim juntou dinheiro e comprou seu primeiro automóvel, uma Kombi 1968 que iria ser muito útil para o transporte da droga. Com a Kombi, Joaquim transportava cerca de 100 quilos de maconha por viagem e fazia uma grana de aproximadamente 8 mil dólares a cada de 50 quilos transportados. O tempo passou, e Joaquim teve um filho junto com uma mexicana que muito amava, porém acabou perdendo-a para uma grave doença que afetava seus pulmões poucos anos depois do nascimento de seu filho, então teve que criar o garoto sozinho. Kim trabalhou muito para dar uma vida boa ao filho que batizou com o nome de Ivan, e conseguiu. Porém quando o garoto completou seus 16 anos de idade, começou a entrar para o outro mundo, o mesmo mundo que seu pai, Joaquim costumava frequentar no passado. A criminalidade. Ivan começou com pequenos roubos, batendo carteiras, celulares, e tempo depois partiu para um nível onde mais ninguém podia faze-lo voltar. Ivan havia aos 21 anos de idade se tornado um assassino de aluguel. Procurado por todo o estado de San Andreas, Ivan, que era um dos criminosos mais famosos e respeitados da época, montou sua própria gangue com seus membros de altíssima confiança, gangue na qual batizou com o nome de " Vagos Criminal Family ", que tinha por característica, o uso de bandanas amarelas. A gangue liderada por Ivan era uma das mais ricas, investigadas e perigosas de todo o estado, trabalhava com tráfico de drogas, assassinos de aluguel e assaltantes profissionais, hackers e espiões. Ivan tinha se tornado um verdadeiro gangster, só lhe faltava uma coisa... Um LowRider. Joaquim ao ver o que o filho estava se tornando, preocupou-se com o futuro do mesmo, afinal, no crime, você precisa ter sorte sempre. Os mocinhos precisam só uma vez. Mesmo sendo um " hippie " que defendia a paz e o amor, Joaquim deixou esses ideais de lado. Ele havia ensinado Ivan a sempre fazer o que achava certo, e o que o filho estava se tornando não era culpa dele, e sim de si próprio. Então Joaquim acabou se juntando aos negócios do filho. Na época, a cultura LowRider estava em seu auge, todo gangster tinha um. Menos Ivan. Ivan não queria simplesmente comprar um, ele queria montar, queria fazer o seu carro dos sonhos, o carro dele. Joaquim então comprou um Chevrolet Impala 1967 azul com bancos de couro e levou para um canto perto de casa para começar as modificações junto com seu filho Ivan. Começaram pela pintura. A pintura tradicional LowRider denominada Candy, e depois partiram para o motor, bombas hidráulicas, estofamento dos bancos e rodas raiadas. Foram 6 meses de bastante dedicação, capricho, amor e carinho em cima do Impala, até que no dia 21 de setembro de 1978, finalmente o LowRider estava acabado e pronto para desfilar pelas ruas de Los Santos. O Impala 67 era o LowRider mais bonito de toda cidade de Los Santos, atraía olhares por toda rua que passava. Ivan nunca esteve tão orgulhoso de si mesmo e de seu pai. Os negócios da Vagos Criminal Family estavam melhores do que nunca, e Ivan estava faturando uma grana que mal conseguia contar. E quando você tem tanta grana que mal consegue contar, o que você faz? Você realiza seus sonhos, e foi isso que Ivan fez. Comprou tudo o que queria, tinha tudo o que queria e fazia tudo o que achava certo. Os negócios ilegais de Ivan eram tão grandes e a Vagos Criminal Family era tão forte que o governo teve que tomar a decisão de convocar as Forças Armadas do Estado de San Andreas para agir contra a gigante organização mafiosa, tendo como alvo principal, seu líder: Ivan. Com seus homens sendo mortos pelas forças armadas, a gangue liderada por Ivan estava em imensa decadência, e em poucos meses, todos os seus integrantes seriam pegos. Mesmo vendo seu pesadelo tornar-se realidade, Ivan não se rendeu ao governo. Ivan não desistia por nada, era um homem corajoso, e como todos sabemos, homens corajosos morrem rápido. Ivan fazia aquilo que achava certo, então pegou todos os homens que ainda lhe restava, e foi para a guerra. " Se é a mim que eles querem, é a mim que eles vão ter. " - disse Ivan para Joaquim enquanto recarregava uma AK-47 numa de suas últimas conversas com seu pai. Antes de colocar um fim em toda aquela guerra, Ivan foi até o observatório de Los Santos, lugar onde Joaquim costumava traze-lo para olhar a cidade de cima, deu uma última volta em seu Impala 67, e por fim, deu um último abraço em seu pai, que o ajudou em tantas coisas, foi quem fez a Vagos Criminal Family se tornar tão grande assim. " Pai, não se culpe pelo meu destino, o senhor me fez um grande homem! Agora eu estou indo me juntar com a mãe, vou dizer para ela como você foi o melhor pai que alguém já pôde ter. " - disse Ivan enquanto bebericava uma xícara de café e olhava Los Santos de cima pela última vez ao lado de Joaquim. A aposta final de Ivan foi tão forte que chegou ao ponto de derrotar um terço dos homens das forças armadas, a cidade de Los Santos nunca havia visto tantos corpos pelas ruas e tanto sangue derramado. Ivan terminou com um tiro de fuzil alojado no fêmur, as chances de sobrevivência eram impossíveis, então num de seus últimos momentos de vida, Ivan pediu para que um de seus homens atirasse em sua cabeça, pois se recusava a perder a vida devido a um tiro vindo do governo. E assim se fez. Creio que esta foi uma das últimas coisas a serem vistas por Ivan. O funeral de Ivan foi fechado e apenas para a família, no qual somente Joaquim participou, e no dia 03 de novembro de 1989, o Impala 67 conduzido por Joaquim carregava o caixão de Ivan no porta-malas. Em homenagem a seu filho, Joaquim deu o nome de Ivan ao Impala 67 e é o atual dono do mesmo até os dias de hoje. Conforme o tempo passou, os cabelos de Joaquim foram caindo, e o mesmo foi envelhecendo. Hoje em dia, Joaquim usa um boné no lugar da bandana e é um dos maiores traficantes de drogas de San Andreas. Comprou uma fazenda para colheita de maconha e para guardar sua Kombi, que o acompanha desde os primórdios. E Aqui acaba a história de Ivan, um dos maiores mafiosos que San Andreas já viu.
  4. Fico feliz em ver mais um recrutamento tomando inicio, boa sorte aos candidatos.
  5. O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis. Quando a saudade bate na porta, é sempre bom ter um álbum de lembranças para poder relembra-las. Já reparou que enquanto o tempo passa, ele leva todos os momentos junto com ele e só nos deixa as memórias? Então por que não aproveitar esses momentos antes que o tempo passe e os leve com ele?
  6. " Você pode ser a namorada do Brasil. De novo pra você o que você nunca viu. " Preso? Hmm... Talvez possam estar interrogando-o. Fora do mapa? Bem, a esperança é sempre a última a se perder. Morto? Acho que nós já estaríamos sabendo disso, sua morte teria uma grande repercussão por todo o estado. Mas quem garante que as autoridades não decidiram manter isso em sigilo? Numa tarde ensolarada onde o homem apelidado de " Bang " respeitado por seus grandes feitos organizava os documentos de seu bar recebe uma ligação de um número desconhecido. Bang atende a ligação e reconhece uma voz um tanto quanto familiar. Bang havia acabado de ouvir a voz de nada mais e nada menos que Joaquim, que já estava desaparecido por meses. Durante a ligação que durou em média 20 minutos, o velho estabelece um plano para poder voltar para a cidade com a ajuda de Bang. Depois do desaparecimento de Kim, a segurança nas fronteiras de Los Santos foi dobrada, e para o velho voltar para a capital era preciso tirar os oficiais da lei da fronteira de alguma maneira. Então Bang decidiu chamar a atenção das autoridades para um local afastado da fronteira para que assim o velho pudesse passar sem ser percebido, e assim se fez. Aproveitando a situação, Joaquim pega tudo o que precisa, joga na mala de Ivan e sai rapidamente rumo á fronteira, antes que as autoridades voltassem. Tudo estava indo conforme o combinado, até que um oficial que patrulhava a região da fronteira para sua motocicleta, dá meia volta e liga as sirenes, sinalizando para o velho encostar. Joaquim encosta seu LowRider em cima da calçada, joga seu revólver embaixo do banco sem que o oficial perceba e desce do conversível. Por sorte, o oficial era inexperiente, não reconheceu o velho e liberou o mesmo da abordagem. Kim ficou aliviado após quase ter uma parada cardíaca devido a tanta tensão. Chegando em casa, tirou um cochilo merecido. As camas da fazenda em que estava hospedado eram boas, porém não há nada melhor que o " Lar doce Lar " Apenas Bang e alguns homens de confiança tinham o conhecimento sobre o retorno do velho, então logo de manhã Joaquim joga alguns pacotes de maconha, cocaína, crack e armamentos vindos diretamente de Israel no porta-malas de Ivan e parte para um beco um tanto quanto discreto. Até oficiais corruptos compram com Joaquim. Esta cidade está perdida na mão da criminalidade, será que algum dia esse jogo irá virar? Bem, são coisas que só o tempo tem a resposta. Num momento descuidado, o velho é reconhecido. Porém consegue se safar correndo para baixo de um caminhão enquanto seus parceiros davam conta do oficial. Com isso, o beco teve de ser fechado, porém o show tem que continuar. Logo mais pela noite o tráfico continuou num velho posto de combustível, porém dessa vez a lei não atrapalhou nas ações criminosas. Ou será que atrapalhou? É, os boatos de que o velho estava pela cidade haviam chegado nos ouvidos das autoridades, e alguns oficiais foram até o posto perguntar sobre ele. O velho rapidamente entra na traseira do furgão do parceiro conhecido como McLove e fica só escutando as autoridades. " -Por acaso algum dos senhores avisou Joaquim Capo por essas bandas? É um senhor de idade muito perigoso que está foragido. " " -Não, não vimos nem conhecemos ninguém com esse nome por aqui " "-Espere, aquele LowRider não é o carro de Joaq- " McLove observa friamente a oficial ter sua vida ceifada pelo crime. Depois desse ocorrido, vieram mais autoridades, e assim os criminosos tiveram que dar o fora do posto antes que o pior viesse acontecer. O lucro não pode ser barrado, e então com o tráfico acabado, a solução foi o sequestro. O filho de um grande empresário andando de bicicleta por aí sem nenhuma segurança? Essa é a brecha perfeita. O garoto é sequestrado, e em troca de sua vida, a quadrilha pede um resgate no valor de 100.000$. O dinheiro é transferido para a conta bancária do parceiro Mclove. Conversando com Azteca sobre suas peripécias acompanhadas de seu famoso Elegy foi que o passeio de furgão seguiu. Bom... Confesso que eu, o narrador dessa história fiquei sem palavras para descrever a imagem, não imagino o que aconteceu com o pobre homem que está deitado no chão. E é numa boate que a noite termina com o velho Kim e seus parceiros conversando com soldados do exército, como se o velho fosse só um idoso comum afim de diversão antes que a morte bata na porta de sua casa. Joaquim é um amigo de longa data da tão alvejada sorte ou então os soldados estavam alterados. Até os dias de hoje eu não entendi como ele sobreviveu a toda essa vida perturbada. Ah se os soldados se dessem conta de que estavam de frente com o velho mais procurado de todo o estado... E agora? O que o velho fará do resto de vida que ainda lhe sobra? Sendo procurado por todo o estado, eu mudaria de país e abandonaria tudo, mas quando todos pensaram que ele tinha ido morar nas nuvens, o mesmo volta para a guerra e mostra que aquilo tudo ainda não acabou. Joaquim continuou na atividade depois de tudo isso? Ou se aposentou da vida criminosa para sempre? Talvez ele só tenha voltado para se despedir?
  7. " Se tem uma coisa que a história nos ensina, é que se pode matar qualquer um. " P.S: Os relatos a seguir ocorreram semanas antes do desaparecimento de Joaquim G. Capo. Numa noite fria onde nas ruas da cidade só restavam prostitutas, usuários de drogas, mendigos e saqueadores Joaquim recebe uma ligação vinda do mercado de um de seus associados. Na ligação é pedido ao velho para fazer o transporte clandestino das bebidas para venda em troca de um alto valor em dinheiro, e sem hesitar, o mesmo aceita o pedido. Pega as chaves do caminhão que lhe foi dado para o trabalho, coloca na ignição, liga o motor e parte parte para seu destino. Joaquim enche o trailer do caminhão com a ajuda de um rapaz e parte para o comércio com o objetivo de entregar a mercadoria, chegando lá ele organiza a mercadoria nas prateleiras e aproveita para beber algumas garrafas e fumar um charuto enquanto ninguém chega com seu pagamento. Após receber o pagamento pelo trabalho bem feito, aproveita para tirar uma soneca pela manhã já que havia passado a noite em claro, e á tarde participou de uma reunião de negócios entre as quatro maiores famílias mafiosas que comandam o estado de San Andreas. Então depois de aproximadamente 3 horas discutindo sobre o futuro de seus negócios, a reunião acaba e Joaquim decide puxar um lazer com os membros da família para relembrar os velhos tempos. Bebendo com os amigos, dançando com lowrider's e conversando sobre a vida, nada melhor para se fazer num final de tarde. Durante o lazer, outros membros da família solicitam ajuda para soltar um parceiro das grades da prisão, e na madrugada a tropa se forma e digire-se com destino ao Departamento Policial de Los Santos, e o que aconteceu depois, acredito que vocês já descobriram. Semanas depois, Joaquim chega no seu bar predileto e pede uma taça de vinho. Ao aguardar sua bebida, nota um cartaz com sua foto pregado na parede, e nele dizia que sua cabeça estava com uma recompensa estimada em 5.000.000 dólares. Provavelmente o velho ditado " aquilo que você planta, certamente um dia colherá " havia entrado em ação e os crimes que Joaquim havia cometido estavam tendo suas consequências. O velho nem chega a terminar de beber e sai do bar, entra em Ivan, seu único companheiro e parte para casa rapidamente. Ele já sabia que caso continuasse na cidade com seu rosto espalhado por todo lugar, certamente os caçadores de recompensa chegariam até Joaquim e o pior acabaria acontecendo. Chegando em casa, faz as malas, joga no porta-malas do carro e tranca a porta de sua casa com cinco cadeados. Fecha o porta-malas, entra no carro batendo a porta suavemente e parte para uma fazenda de um antigo homem que lhe devia um favor. A fazenda era um tanto quanto afastada da cidade, então o velho não pensou duas vezes em se esconder por lá. Chegando na fazenda, Joaquim tira as malas do carro levando-as até a mesa, deita no sofá e tira uma soneca para tentar esquecer dos problemas. Esta foi a última notícia que foi informada sobre Joaquim G. Capo após seu desaparecimento. Caso saiba de alguma informação sobre o mesmo, favor informar imediatamente as autoridades locais.
  8. Você se lembra da noite de 21 de setembro? O tempo não para, e conforme ele vai caminhando, vai levando todas os acontecimentos consigo e deixando para nós somente lembranças e saudades do tempo que já passou. Hoje completa-se exatamente quatro anos desde o primeiro rolê da primeira geração da LowManiac's, e por esse motivo venho até aqui dar meus parabéns e relembrar uma das melhores épocas que tive o prazer de fazer parte.
  9. " O silêncio é a mais bela expressão do desprezo. " De pintura candy e rodas raiadas, o velho Ivan permanece na ativa nas tardes de nossos dias desfilando pela cidade afora. Depois de algum tempo fora da mídia, Joaquim arquiteta um plano para " apagar " alguns oficiais da lei que já o atrapalhavam fazia algum tempo. Pega algumas balas de hortelã na caixinha de seu quarto e parte para a primeira etapa de seu plano, a investigação. Joaquim disfarça-se de policial aposentado e visita alguns departamentos de polícia e bancos que suas futuras vítimas frequentavam, desse modo, consegue pegar algumas informações importantes para a realização de seu planejamento. A primeira etapa do assassinato já estava concluída, o próximo passo seria o bom e velho " apagão ", porém as molas e as bombas de Ivan, uma das máquinas mais antigas e populares da cidade não estavam funcionando muito bem. Elas estavam em funcionamento desde 1997 e já estava mais que na hora delas serem trocadas. Joaquim deixa sua melhor companhia na oficina de um velho amigo, cujo nome não será citado e pega seu esportivo emprestado para enquanto as molas não fossem trocadas. Enfim, chega o grande dia. Joaquim pega seu rifle de alta precisão, joga no porta-malas do esportivo e guarda um revólver taurus de calibre .48 de 1952. O velho revólver pode até engasgar na hora de disparar e ter a chance causar uma consequência fatal durante um confronto, porém quando o disparo é certeiro, não há prazer que se compare ao apreciar os buracos feitos no corpo do adversário. De placa coberta para não causar futuros problemas ao proprietário do esportivo, Joaquim começa sua série de assassinatos, assim apagando uma vítima de cada. Uma das vítimas acabou sendo esmagada brutalmente pela própria aeronave de trabalho enquanto o velho e seu comparsa apenas observavam, segurando a risada para não chamar atenção. Na chuva, caindo de boca na rua após ter o corpo baleado por diversos projéteis é que a vida da segunda vítima é ceifada cruelmente pelo coroa. Sinceramente, quem ficou encarregado de limpar o sangue jorrado na porta do carro luxuoso deve ter ficado bem aborrecido. Após os assassinatos, Joaquim se entoca no seu esconderijo que até os dias atuais, não se tem a localização. Espera a poeira abaixar e no caminho encontra aquele que sempre acaba com seus planos e que sempre come o que ele deixou na geladeira para comer mais tarde, nada mais nada menos do que ele mesmo. E assim mais um plano se realiza, o velho pega uma carga de drogas e exporta para outro país juntamente de um dos seus comparsas, e fica por lá até as autoridades locais terminarem as investigações sobre os assassinatos cometidos por Joaquim.
  10. Nesta tarde de sábado, após uma cansativa reunião sobre negócios ilegais o cachorro do mano Biggie G resolveu aparecer no estilo mafioso de sempre, cuidado oficiais da lei de plantão, BIGGIE DOG está de olho em vocês!
  11. Boa sorte aos candidatos, e que venham os novos membros!
  12. Você se lembra da noite de 21 de Setembro? Após muito tratamento e recuperação residencial, Joaquim retorna ás ruas novamente e com muita inspiração dentro de si, assim como num filme de Hollywood. Noticiários de San Andreas inteira anunciam a volta do chefão do crime, deixando oficiais da lei preocupados com seu retorno, enquanto mafiosos não vêem a hora de revê-lo. Joaquim vive seu primeiro dia como um velho curado da melhor forma possível, toma umas cervejas em seu bar predileto, dá uma volta com seu fiel companheiro Ivan, e pela noite decide voltar aos negócios. Carrega o porta-malas do seu conversível com quilos e mais quilos de cocaína, maconha, LSD e êxtase. O velho Joaquim tem vários negócios á resolver, ele poderia simplesmente mandar alguns de seus capangas os resolverem por si, mas o velho não curte ficar assistindo televisão o dia todo enquanto o crime corre lá fora, então suja suas próprias mãos para fazer aquilo que deve ser feito. Chegando no local do transporte, Joaquim coloca todos os pacotes no compartimento traseiro do avião, um avião de tamanho pequeno e humilde, cujo seja discreto e não chame muita atenção da polícia, liga o mesmo e parte para fazer as entregar ilegais. "Ah bela cidade... Como é bom te ver novamente... " - disse Joaquim respirando fundo enquanto olhava para a linda paisagem pela janela do avião. Após uma viagem cansativa por toda San Andreas, o velho tira um cochilo e só acorda no dia seguinte, reúne a galera para assistir o jogo do Brasil seguido de um bom churrasco e tomar umas brejas, sempre é bom passar os momentos únicos em boa companhia.
  13. Lendas nunca morrem, elas são escritas na eternidade, mas você nunca verá o preço que isso custa e as cicatrizes que colecionaram ao longo de toda sua vida. Após meses internado no Hospital e Maternidade Jefferson devido á uma grave doença que afeta seus pulmões, Joaquim tem alta do hospital, mas devido á sua enfermidade não é capaz de fazer muitas coisas, então decide passar um tempo vivendo em casa. Joaquim, vive uma vida monótona e repetitiva em sua casa, não consegue andar direito, muito menos manusear armas de pequeno ou grande porte, as coisas não são mais como antes, e parece que o velho finalmente está sentindo o peso da idade... Após um mês de dias e mais dias longos e repetitivos, a grana do coroa estava acabando, e sem grana não tem como continuar o tratamento em casa, então ele decidiu ir pegar a grana do tráfico, que havia organizado antes de adoecer, mas antes, teria que dar um trato no seu velho companheiro de viagens e fugas, apelidado por ele mesmo como Ivan. Após isso, o velho foi recolher os lucros do tráfico que estavam com dois de seus homens, conseguindo assim duas maletas recheadas de notas e guardando-as no porta-malas do conversível. Devido á idade, Joaquim se cansa facilmente, decide então ir até o The Well Stacked Pizza Co. comer uma pizza, saciar sua fome. Joaquim pede uma fatia de pizza de calabresa, e outra fatia de mussarela, come e então vai para um lugar em que costumava frequentar com sua esposa quando era mais jovem, observa a vista da grande cidade em que viveu por toda sua vida e relembra os bons momentos que viveu nela. Enfim, acabado devido a correria, volta pra casa com a grana, jogando seu boné e óculos sobre a mesa e separa as notas da maleta, colocando-as numa bolsa ao lado de sua poltrona, deixando a maleta jogada em cima da cama. Por fim, o velho esgotado deita na maca de hospital e dorme para repôr as poucas energias que ainda tem. Se Joaquim vai acordar desse sono, apenas o destino sabe a resposta... Seria então a partida do velho para o outro mundo depois de tantos anos em vida?
  14. " Todo dia a insônia me convence que o céu faz tudo ficar infinito... E que a solidão é pretensão de quem fica escondido fazendo fita." Convocados para uma reunião, a " Cosa Nostra " reúne-se mais uma vez para discutir sobre negócios, mas fala sério, não dá pra acabar uma reunião importante e depois ir pra casa né? É de lei sair por aí pra colocar uns oficiais pro chão. O cara achou que ia mandar logo o velho mais criminoso de San Andreas pro xadrez, realmente ele devia ter fumado muito pelo de cachorro.. Joaquim logo tira a vida do oficial com a arte da telepatia. Aqui podemos ver um exemplo de que nunca deve-se mexer com um idoso na rua, ele pode ser o velho mais vingativo da cidade. Á noite, até rolou um rolê de moto, mas fazer o que, esses caras com traje de camuflagem nunca nos deixam em paz.. Bom, não preciso falar o que aconteceu com o cara da HPV-1000 né? Acerto de contas relâmpago no estacionamento do Departamento de Polícia de Los Santos, o cara tentou fugir mas não ficou pra contar história. É realmente uma pena.. Aqui mais um exemplo de que o mundo dá voltas meu querido, um dia você persegue... No outro você é o perseguido! Já assistiu Dragon Ball Z? Se já, creio que já viu algo relacionado á fusão.. Bem, para fazer a fusão, precisamos de duas pessoas que sigam estes mesmos movimentos: Joaquim e Big Gordola tentaram fazer o mesmo, mas algo deu errado e saiu uma mutação radioativa dessa aqui que nem eu sei explicar, veja com seus próprios olhos. Pra quê armas se temos as mãos todo dia e toda hora á nosso favor? Agora contemplem meus amigos, o dia em que a máfia literalmente tomou a DP-LS do comando dos policiais: Após o término do terror no Departamento de Polícia, não há nada melhor que apreciar uma linda vista com os amigos, não?
  15. " Meu time é pesado com os melhores jogadores.. " Hoje, venho trazer aqui um post um tanto quanto nostálgico. Acho que a maioria sabe que a [V.L]VidaLoka é um clã bem antigo, e por isso muitos registros fotográficos foram tirados ao longo do tempo. A maioria das fotografias aqui vistas foram tiradas entre os anos de 2013 e 2015, época que não apenas para mim, mas para muitos, foi a época de ouro não só da V.L, mas também a época de ouro do servidor. Que tal um rolê de magrela caçando por policiais? Só precisamos de uma coisa: bastante armamento pesado Após uma selfie para postar no facebook, pegamos as armas com um traficante e partimos para a caça, o que aconteceu depois disso, acho que você já adivinhou não é mesmo? Corpos fardados derramando sangue pelo chão. ( olha só, aqui podemos ver o velho Joaquim em sua forma mais jovem, quem diria ) FUCK THE POLICE! Mafia e Forças Armadas, uma rivalidade épica, que travava guerras inesquecíveis, deixando sua marca registrada na história.. O vencedor deste conflito eu não preciso dizer, você tem inteligência o suficiente para saber. Quer uma dica? São aqueles que fazem uso da cor vermelha e deixam rastros da cor vermelha por onde passam. Um soldado veio tirar onda, mas correu como um carneiro de volta para seus aliados antes que seja tarde demais Dias depois, preparamos um grande evento no servidor, chamado LowManiacs, um encontro de LowRiders que envolvia todo o servidor. Selfie tirada antes de nos deslocarmos para o local em que a primeira edição da LowManiacs aconteceria: Simplesmente, o maior rolê em que eu marquei presença. Saída organizada, todos com destino á sua respectiva casa após o término do rolê Mas para a V.L não havia terminado, fomos com destino ao bar, tomar umas brejas e se divertir um pouco, com isso, saímos na primeira página do jornal do servidor. O rolê tava massa, até que chegaram os fardados para atrapalhar tentando mandar o nosso gordo-aranha pro xadrez, mas você acha que eles conseguiram? O hippie se sacrificou, explodindo seu corpo em uma multidão, e assim salvando o gordo das grades da prisão, e assim terminou a noite da LowManiacs. No dia seguinte, o gordela não resiste ao ver o anuncio do McDonald's, e passa mal querendo comer o lanche, mas para seu azar o lanche era só um papelão Essa aqui é relíquia, uma das primeiras gerações da V.L Um comédia não pagou o que devia, com isso teve de pagar com a própria vida: No dia seguinte iria ter um rolê, o velho Joaquim e o Gordo-Aranha foram buscar os veículos que estavam bem longe da capital, mas a gasolina acabou no meio do caminho, então o jeito foi contratar um caminhão cegonha. No dia seguinte, o rolê ocorreu bem, fiquem com esta fotografia dos membros observando o movimento: Após o término do rolê, como de costume fomos curtir, mas dessa vez na casa do mano Xaveco, mas os manos não se controlaram de tanto álcool que tinham consumido que chegaram a atear fogo na casa. Registro da galera correndo enquanto a casa ardia em chamas: Os membros não estavam muito em forma, então a melhor forma que resolveria isto, seria ir de bike da Grove Street até BaySide. O velho Joaquim estava alguns quilômetros atrás, afinal, ele já não tinha mais idade pra isso mas mesmo assim participou. FUCK THE MAFIA! Este foi um dos primeiros rolês da Suicide Family Homies, um grupo associado á V.L Estas são só algumas das print's que tiramos enquanto jogávamos, ainda tem milhares de print's, montagens com os membros e vídeos gravados por ai, se eu fosse postar todas, iria ficar aqui escrevendo por umas 6 horas. Aqui tem um vídeo com mais fotografias: Foram muitos os jogadores que passaram pela V.L, muitos deles pararam de jogar, como o @Bibica , já alguns tornaram-se membros da administração como o @InhOMello, e outros ainda estão na ativa. Eles podem não estar mais presentes em nosso dia-a-dia no servidor, mas sempre estarão presentes em nossas lembranças e em nossos corações.
×
×
  • Criar Novo...